SIM, É POSSÍVEL UM CONCELHO MELHOR!
Segunda-feira, 29 de Dezembro de 2008
Mensagem da Dirigente do PEV HELOISA APOLÓNIA

Um Muito Melhor Ano 2009 para Todos

A todos desejo boas festas e um muito melhor ano de 2009. Mesmo tendo consciência de que, dadas as circunstâncias e as políticas desenvolvidas, o ano que se avizinha vai ser muito mau em termos de crescimento económico e de escalada do desemprego, também importa dizer que é um ano onde há oportunidade para criar um novo quadro político muito mais favorável à promoção do desenvolvimento e de melhores condições de vida para todos.

 


Isto porque no ano de 2009 vão ocorrer três actos eleitorais – eleições europeias, autárquicas e legislativas. Quanto menor força tiverem aqueles que nos têm governado nos últimos anos (PS e PSD alternadamente) e quanto mais força tiverem aqueles que se pautam pela coerência e pela defesa de mais desenvolvimento no país, sem estarem amarrados a interesses económicos instalados (como a CDU), mais hipóteses há de garantir políticas que favoreçam um mais próspero quadro económico e social.

 

Nestas alturas críticas é muito comum também que se exacerbem sentimentos individualistas e que, ao invés de culpabilizar os verdadeiros responsáveis por esta crise económica (Governos pautados pelos interesses dos grupos financeiros e dos grandes grupos económicos), se culpabilizem aqueles que não têm responsabilidade nenhuma nesta realidade – os imigrantes, por exemplo, são sempre alvo de responsabilidades absurdas nestas alturas.

 

São sempre dados como propensos à criminalidade e ao furto do emprego dos outros. A mim irrita-me particularmente esta visão, de tão simplista e hipócrita que ela é. Apetece-me logo perguntar se os nossos emigrantes, que saem do país para outros Estados na procura de melhores condições de vida, também serão olhados como potenciais criminosos e furtadores de empregos dos cidadãos desses outros países!

 

A deslocação de pessoas em busca de mais qualidade de vida, e ás vezes mesmo de meios de subsistência, é um dos factores mais legítimos de garantia da dignidade da pessoa humana. E agora que se comemoram os 60 anos da declaração universal dos direitos humanos, importa aplicá-la nas nossas convicções mais profundas e fazer-nos perceber que a culpa da crise não está no cidadão africano, de leste, asiáticos ou americano que chegou a Portugal e que aqui contribui para o nosso PIB, mas sim em políticas capitalistas puras e duras que sempre foram subservientes aos mais ricos e sempre chutaram em cima dos mais carenciados – por isso tornaram Portugal um país cimeiro na distância entre as condições de vida dos 20% mais ricos e dos 20% mais pobres.

 

Não é pela época que se atravessa, porque o que aqui digo, digo-o com convicção há anos e também em qualquer altura do ano: solidariedade precisa-se e exigência de novas políticas é um imperativo neste país, nesta Europa e neste mundo!

 

Heloisa Apolónia

Dirigente Nacional do PEV e Deputada



publicado por Ricardo Miguel às 19:29
link do post | comentar | favorito
|

Seja muito bem vindo ao blog da CDU do CADAVAL.
pesquisar
 
Julho 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

13
14
15
16
17

19
20
21
22
23
25

26
27
28
29
30


Artigos recentes

WWW.CADAVAL.CDU.PT

UMA EQUIPA DE ELEIÇÃO!

A CAMPANHA ESTÁ NA RUA!

CDU apresenta candidata à...

SÓ ATÉ FINAL DE JULHO

CDU APRESENTA CANDIDATOS ...

EQUIPA CDU PARA JUNTA DA ...

ANGÉLICA LAREIRO, INDEPEN...

ASSEMBLEIA MUNICIPAL - 26...

CDU CONTRA DECLARAÇÃO DE...

Arquivos
links
blogs SAPO
subscrever feeds